Projeto Político Pedagógico

 

1. APRESENTAÇÃO

Constituído de acordo com a LDB, Diretrizes Nacionais, ECA e Peja.

 

1.1  ENDEREÇO: Rua Padre Diogo Feijó, 213 – Bairro Fragata – Pelotas/RS.

                        TELEFONE: (053) 3281.1794.

 

1.2  ÁREA DA ESCOLA:

Área Total: 2.342,50 m2.

Área Construída: 830,61 m2.

Área Livre: 560 m2.

 

1.3  TIPO DE PRÉDIO:

Alvenaria.

 

1.4  SALAS DE AULA:

Nº  de salas: 12.

 

1.5  SALAS ESPECIAIS:

Sala dos Professores: 01;

Secretaria: 01;

Sala da Direção: 01;

Biblioteca: 01;

Cozinha: 01;

Refeitório: 01;

Dispensa: 01;

Sala Multimeios: 01;

Coordenação: 01;

Sala de Apoio: 01;

Sala de Informática: 01;

Laboratório de Ciências: 01.

 

1.6  RECURSOS HUMANOS:

Nº de Professores: 54;

Nº de Funcionários: 21;

Direção: 01 Diretor e 01 Vice-Diretor;

Coordenação Escolar: 02 Coordenadoras para Séries iniciais (manhã e tarde);

                                          01 Coordenadora para séries finais (manhã);

Orientação Educacional: 01 com 40 horas semanais.

 

1.7  NÚMERO DE ALUNOS MATRICULADOS:

Educação Infantil:50;

Ensino Fundamental Completo:452;

Educação de Jovens e Adultos:67.                                                                                                        .

 

2. HISTÓRICO DA ESCOLA

A Escola foi fundada em 10 de outubro de 1959, com o nome de E.M.E.F. Dr. Alcides de Mendonça Lima em homenagem ao ilustre advogado com o mesmo nome, que viveu em nossa cidade.

 

2.1  JUSTIFICATIVA:

As mudanças contemporaneamente processam-se de forma acelerada, assim sendo a comunicação de conhecimentos deve ter um caráter inovador, promovendo não apenas uma adaptação do individuo as modificações, mas também fazendo com que ele se torne um elemento interferidor e prepulsor da própria cultura.

Queremos com este projeto não apenas questionar a função da Escola ou sua forma de ensinar, mas principalmente traçar formas de trabalho que possam ir de encontro ao sistema atual.

 

3. DIAGNÓSTICO

3.1  A ESCOLA:

A Escola por situar-se no bairro Fragata, um dos mais populosos da periferia da cidade, atende uma população de nível sócio-econômico médio a baixo.

 

3.2  O ALUNO:

O nosso aluno traz uma bagagem cultural muito variada. 

 

3.3  O PROFESSOR:

O nosso professor mostra-se preocupado com a qualidade de ensino dada ao aluno, sentindo-se muitas vezes impotente para atender a realidade, necessitando de profissionais especializados para melhor compreender e ajudar o educando.

 

3.4  O CONTEÚDO:

Acreditamos que estes sejam os responsáveis por grande parte do fracasso educacional. Por isso os conteúdos devem ser adequados a realidade dos alunos, levando sempre em consideração o seu conhecimento de mundo, fazendo-os pensar, questionar, a fim de que possam, interagir e construir um novo conhecimento, auxiliado pelo professor.

 

4. FILOSOFIA DA ESCOLA

A Escola numa visão democrática devera propiciar a discussão de seus aspectos financeiros, administrativos e pedagógicos com a comunidade escolar, fazendo com que eles se envolvam e se comprometam com essa discussão, tornando-os agentes participativos e caminhando no sentido da construção de cidadania, resgatando a Escola Pública como um bem de todos, olhando sempre o aluno como questão fundamental.

O seu corpo docente deve ser persistente na busca do constante aperfeiçoamento, como meio para motivar o exercício de sua missão, fortalecendo o espírito de unidade e solidariedade na ação educadora.

 

4.1 O QUE QUEREMOS?

Uma Escola justa, com oportunidades iguais para todos, aceitando o aluno na sua integralidade, com todas as suas diferenças, ele deverá ter oportunidade de se desenvolver plenamente e se sentir realizado, um aluno crítico, que saiba discernir o que é bom para sua vida, que busque a felicidade, que seja cidadão, educado, participando ativamente da sociedade onde vive, que conheça seus direitos e deveres, respeite-os, cumpra-os, que saiba influenciar nas decisões referentes a sua comunidade.

O professor deve pautar suas relações com os educandos de maneira afetiva e democrática, contribuindo para que a relação professor/aluno se consolide na formação do mesmo como pessoa.

Deve ser flexível, possibilitando ao aluno aprender e também ensinar, deve ser dinâmico, atualizado e direcionar o ensino à realidade do aluno, facilitando assim o processo de aprendizagem.

 

5. OBJETIVO GERAL DA ESCOLA

Propiciar ao aluno uma educação atualizada, com ambiente equalitário, democrático e participativo. Envolvendo todos os segmentos da comunidade escolar no processo de gestão da Escola, que deve ser integrada, aberta e flexível.

 

5.1  OBJETIVO DA EDUCAÇÃO INFANTIL:

A educação infantil, primeira etapa da Educação Básica, tem por finalidade oportunizar às crianças condições de desenvolverem sua bagagem de cultura e de interpretação do mundo, através de varias praticas educativas e interativas que atendam as diversidades culturais e os diversos conhecimentos num processo de apropriação das potencialidades corporais, afetivas, emocionais, éticas, estéticas, lúdicas e cognitivas, contribuindo desde a tenra idade para sua inserção e atuação na sociedade.

 

5.2  OBJETIVO DO ENSINO FUNDAMENTAL:

Que os alunos sejam capazes de:

 

  • Compreender a cidadania como participação social e política e como exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais, adotando, no dia-a-dia, atitude, cooperação e respeito mútuo;
  • Posicionar-se de maneira crítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais, através do diálogo na mediação de conflitos e na tomada de decisões coletivas;
  • Conhecer e valorizar a pluralidade cultural do patrimônio sócio-cultural brasileiro e aspectos sócio-culturais de outros povos, posicionando-se contra qualquer discriminação;
  • Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente, identificando seus elementos e as interações entre eles, contribuindo ativamente para a melhoria do ambiente;
  • Desenvolver o auto-conhecimento e  o sentimento de confiança em suas capacidades afetivas, físicas, cognitivas, éticas e estéticas;
  • Conhecer e cuidar do próprio corpo, valorizando e adotando hábitos saudáveis, agindo com responsabilidade em relação à sua saúde e a saúde coletiva;
  • Saber utilizar diferentes formas de informações e recursos tecnológicos para adquirir e construir conhecimento;
  • Questionar a realidade, formulando-se problemas e tratando de resolvê-los, utilizando o pensamento lógico e a criatividade.

 

5.3  OBJETIVO DA EJA - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS:

Proporcionar a igualdade de escolarização àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos na idade própria, favorecendo assim a formação de indivíduos críticos e conscientes de seus direitos e deveres capazes de agir na sua realidade.

 

5.4  OBJETIVO DAS DISCIPLINAS TRABALHADAS NA ESCOLA:

5.4.1        PORTUGUÊS:

Motivar o aluno a desenvolver e ampliar habilidades e competências de leitura, de produção textual e de uso da língua formal ou da variedade lingüística de acordo com o contexto, formando um leitor/escritor crítico, capaz de sintetizar e construir a sua própria opinião.

 

5.4.2        MATEMÁTICA:

Desenvolver a capacidade de analisar, comparar, conceituar, representar, abstrair, generalizar, conhecer, interpretar e utilizar a linguagem matemática associando-se com a linguagem usual, construindo assim uma imagem da matemática como algo agradável e prazeroso.

 

5.4.3        HISTÓRIA:

Conhecer o modo de vida de diferentes sociedades localizando-se no tempo e no espaço e estabelecendo comparações com sua realidade.

 

5.4.4        GEOGRAFIA:

Proporcionar a formação do senso critico do aluno para a construção da cidadania frente as mudanças ocorridas no mundo e a construção de uma outra relação do homem com o meio natural e social.

 

5.4.5        CIÊNCIAS:

Identificar o conhecimento científico como resultado do trabalho de gerações em busca do conhecimento para a compreensão do mundo, valorizando-o como instrumento para o exercício da cidadania competente. Perceber a interdependência dos seres vivos e dos demais elementos do ambiente, conhecendo seus modos de vida e sua interferência no cotidiano humano e na natureza.

 

5.4.6        EDUCAÇÃO FÍSICA:

Desenvolver as capacidades físicas básicas, aprimorar os fundamentos, noções e táticas e o conhecimento das regras dos esportes desenvolvidos. Aprimorando a capacidade de organização e o espírito de grupo e esportivo.

 

5.4.7        ENSINO RELIGIOSO:

Aprimorar a formação do caráter, as personalidades, o convívio social, o respeito ao próximo e a natureza. Identificar e perceber a diferença entre as religiões brasileiras.

5.4.8        LÍNGUA ESTRANGEIRA – ESPANHOL:

Proporcionar a oportunidade para que o aluno desenvolva as habilidades de: audição, fala, leitura e escrita da língua estudada.

 

5.4.9        ENSINO DA ARTE:

Despertar o potencial artístico favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade e imaginação. Aliado a aprendizagem dos conteúdos específicos.

 

6. METODOLOGIA

A metodologia desenvolvida deve estimular os educandos a pensar, questionar, discutir, valorizando e respeitando seu conhecimento de mundo e todas as formas de expressão, despertando sua curiosidade e o prazer pelo aprender, favorecendo o surgimento de posturas autônomas de cidadão, que compreendendo o mundo que vivem, conseguem interagir nele.

No 1º ano do Ensino Fundamental de nove anos é dado o início à alfabetização, desenvolvendo o processo de aprendizagem de forma lúdica, com atividades múltiplas, respeitando a idade, a unicidade e a lógica da criança em seus aspectos físicos, psicológico e intelectual.

Desenvolver a reflexão sobre o índio, afro, as diferenças individuais, étnicas, buscando cooperação e participação social no mundo em que vivem.

Enfatizar a relação do educando como meio ambiente, fazendo-os refletir sobre o seu papel neste contexto.

 

7. ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA ESCOLA

A Equipe Diretiva é constituída por:

 

7.1  DIRETORA: Rejane Victoria Burguez.

Atribuições: Planejamento, orientação e organização administrativa educacional.

 

7.2  VICE-DIRETOR: Adriano Belmudes Antunes.

Atribuições: Planejamento, orientação e organização administrativa educacional, atuando para o auxílio das ações da Diretora e substituição da mesma quando necessário.

 

7.3  COORDENADORES PEDAGÓGICOS:

7.3.1   SÉRIES INICIAIS: Marta Rodrigues Terra (manhã).

                                                                            Isabel Beling Marten (tarde).

7.3.2   SÉRIES FINAIS: Rosani Borges Botelho (manhã).

Atribuições: planejamento, orientação administrativa e pedagógica, oferecendo suporte pedagógico direto ao exercício da atividade docente.

 

7.4  ORIENTADORA EDUCACIONAL:

Atribuições: Tem a função de assessorar os alunos, incentivando a participação da família na escola, fazendo encaminhamentos necessários para a área da saúde e atendimento psicológico.

 

7.5  AGENTE administrativo: Cristiane Centeno Pinto (manhã).

                                                                                 Graciela Esteves Barbieri (tarde).

Atribuições: organizar os documentos dos alunos e os documentos diversos da secretaria.

 

7.6   MONITORES: são 07 monitores.

Atribuições: controlar entrada e saída dos alunos, zelar pela disciplina, receber e transmitir recados e inspecionar as salas de aula

 

7.7   SERVENTES: são 08 serventes.

Atribuições: executar atividades de limpeza em geral  de copa e cozinha.

 

7.8   MERENDEIROS: são 03 merendeiros.

Atribuições:Atender as orientações dadas pelos nutricionistas da SME, executar o cardápio e servir adequadamente a merenda.

 

7.9   RESPONSÁVEIS PELA BIBLIOTECA: Margarida Fonseca (manhã).

                                                                                        Rejane Maria Antunes Sanches(tarde).

 

7.10 PROFESSOR SUBSTITUTO: Isabel Brum e Marta Terra.

 

7.11 PROFESSORES APOIO: Michele Oliveira (manhã).

                                                           Rosani Borges Botelho (tarde).

 

7.12 CONSELHO ESCOLAR: Alessandra Vaz de Avila (Presidente).

 

8. NÍVEIS E MODALIDADES

 

8.1  EDUCAÇÃO INFANTIL: Núcleo comum.

 

8.2   ENSINO FUNDAMENTAL DE 8 E 9 ANOS:

 

8.2.1        Séries/Anos Iniciais: Núcleo Comum-16 h/aula.

8.2.2        Séries/Anos Finais: 5ª a 8ª Série/6º ao 9º Ano.

  • Português: 04 h/aula (semanais);
  • História: 03 h/aula (semanais);
  • Geografia: 03 h/aula (semanais);
  • Ciências: 03 h/aula (semanais);
  • Ensino da Arte: 03h/aula (semanais);
  • Matemática: 04 h/aula (semanais);
  • Educação Física: 03 h/aula (semanais);
  • Ensino Religioso: 01 h/aula (semanais);
  • Língua Estrangeira: 02 h/aula (semanais).

                                                                                      

8.3  MODALIDADE EJA.

 

9. HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

 

9.1  MANHÃ: 07:40 às 12:00 h.

 

9.2  TARDE: 13:25 às 17:30 h.

 

9.3  VESPERTINO: 17:30 às 21:30 h.

 

10. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

 

A avaliação dos alunos da Educação Infantil, 1º e 2º anos, é feita através de parecer descritivo, do 3º ano até as séries finais, o 1º e 2º trimestre têm peso de 30 pontos e o 3º trimestre tem peso de 40 pontos, sendo que a média para aprovação é de 60%.

A recuperação paralela é oferecida a todos os alunos no final de cada trimestre, diagnosticado o problema, o professor para e retoma o conteúdo.

Os estudos de recuperação serão oferecidos para todos os alunos, nos trimestres em que a avaliação for feita por notas.

Ao final de cada ano letivo a escola proporciona exames finais nas disciplinas em que houver reprovação.

Os alunos com laudo médico são amparados na legislação vigente e terão direito à terminalidade específica.

 

11. ANEXOS

11.1   MATRIZ  CURRICULAR:

11.1.1    EDUCAÇÃO INFANTIL:

·         Ensino da Arte: 02 h/aula;

·         Educação Física: 02 h/aula;

·         Núcleo Comum: 16 h/aula.

 

11.1.2    SÉRIES INICIAIS: 2ª e 4ª Série/1º ao 5º Ano:

·         Português

·         História  _____        Estudos Sociais

·         Geografia______

·         Ciências

·         Matemática

·         Ensino da Arte: 02 h/aula.

·         Educação Física: 02 h/aula.

·         Ensino Religioso: 01 h/aula.

 

11.2     PROJETOS ESPECIAIS

APOIO ESCOLAR

Justificativa: com este projeto, pretendemos atender os educandos que se encontram com baixo rendimento no desenvolvimento da aprendizagem, no período normal de sala de aula.

Objetivo Geral: desenvolver atividades que resgatem aqueles alunos com dificuldade nas disciplinas escolares propostas. Promover atividades em que os alunos construam os conhecimentos de forma lúcida, despertando assim o interesse em aprender.

 

11.3     REUNIÕES PEDAGÓGICAS

As reuniões pedagógicas serão quinzenais. As mesmas acontecerão em dias subseqüentes a cada quinzena sendo que a primeira acontecerá na segunda-feira.

 

11.4     CALENDÁRIO ESCOLAR 2013

 

  1. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1-      PCNs;

2-      ECA;

3-      LEI 11645 (AFRO);

4-      LEI 97.95/99 (ED. Ambiental).

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!